quinta-feira, 24 de março de 2011

DORPER X SANTA INÊS-CRUZAMENTO SHOW

Dorper
Fonte: Aprisco

Raça surgida na década de 30, através do Dorset Horn e do Blackheaded Persian

O Dorper é uma raça surgida na década de 30, por meio do Dorset Horn e do Blackheaded Persian. A raça foi desenvolvida para as regiões extensivas e áridas da África do Sul.

Apresenta alta fertilidade e bom comprimento de corpo, que é coberto por pêlo curto e lã. A raça tem a cabeça preta (Dorper) ou branca (White Dorper). Além disso, mostra adaptabilidade, resistência, taxas excepcionais de reprodução e crescimento (alcançando 36 kg em três ou quatro meses), e alta habilidade materna.

A raça Dorper foi desenvolvida por meio do cruzamento da ovelha Blackhead Persian com o Dorset Horn, o que resultou no nascimento de alguns cordeiros Dorper totalmente brancos. A diferença na cor permite que o criador tenha a sua preferência. Cerca de 85% dos criadores de Dorper, membros da Sociedade de Criadores da Raça Ovina Dorper da África do Sul, criam o Dorper de cabeça preta. A raça Dorper é, numericamente, a segunda raça mais criada na África do Sul e se espalha por muitos outros países.

O Dorper é um ovino produtor de carne. Entretanto, suas exigências nutricionais não são tão altas. Esta raça tem uma estação reprodutiva longa, portanto, a estacionalidade não é um fator limitante para a produção. Um bom administrador pode organizar o manejo na propriedade de modo que os cordeiros possam ser produzidos durante todo o ano. A raça é fértil e a porcentagem de ovelhas gestantes após uma estação de monta é relativamente elevada. O intervalo entre partos pode ser de oito meses. Conseqüentemente, sob condições de boas pastagens e manejo adequado, a ovelha Dorper pode parir três vezes em dois anos. Uma porcentagem de parição de 150% pode ser alcançada em rebanhos bem criados e, em casos excepcionais, esta taxa pode ser de 180%. Sob circunstâncias extensivas, a porcentagem de parição é de 100%. Em um rebanho que contem um grande número de borregas, a porcentagem de parição será em torno de 120%. Se for considerada uma taxa de parição de 150% (alta incidência de parto gemelar) e um manejo que permita que a ovelha tenha três partos em dois anos, uma ovelha Dorper poderá produzir 2,25 cordeiros em um ano.

O cordeiro Dorper cresce rapidamente e alcança um peso elevado no desmame, o que é uma característica economicamente importante na produção de ovinos tipo carne. Um peso vivo de aproximadamente 36 kg pode ser alcançado pelo cordeiro Dorper com uma idade de 3 a 4 meses. Isto assegura uma carcaça de qualidade elevada de aproximadamente 16 kg. Este peso está associado com o potencial de crescimento inerente do cordeiro Dorper e com a sua habilidade de pastar precocemente.

O Dorper é bem adaptado a uma variedade de condições climáticas e de pastejo. Esta raça foi desenvolvida originalmente para as regiões mais áridas da África do Sul, mas, atualmente, está largamente espalhada por todas as províncias. Embora desenvolvida para criações extensivas, responde bem em condições intensivas de produção.

O Dorper é uma raça fácil de criar. Sua pele é coberta por uma mistura de pêlo e lã. A pele grossa protege os ovinos das condições climáticas adversas e é muito valorizada. No mercado é conhecida com o nome de Cape Glovers.

Destinação: Carne

Clima mais adequado: Bem adaptado a uma variedade de condições climáticas e de pastejo

3 comentários:

  1. Prezado criador,bom dia:sou iniciante criador no entanto os cordeiros obtidos com cruzamento DorperXSta.Inês,tem deixado triste,borregos raquíticos:verminose?alimentação?apartação(03)mêse?

    ResponderExcluir
  2. Fiquei feliz com o documentário informativo dorper, tenho a mistura dorper com santa inez.

    ResponderExcluir